Vereador é preso em bar após agredir verbalmente agentes de fiscalização em SJB

Foto: Divulgação

O vereador Eziel Pedro (PSC), eleito pela segunda vez com 1416 votos (2016), foi preso por volta das 19h da noite de ontem, 17, sem máscara, em um bar na Avenida Liberdade, em Grussaí, distrito de São João da Barra. Vídeos foram divulgados (AQUI).

O último decreto 108/20, da prefeitura de São João da Barra diz que, os estabelecimentos podem funcionar abertos para o público até às 18h, adotando medidas de distanciamento e proteção pessoal. Apenas farmácias e postos de combustíveis podem passar deste horário. Para os demais, o atendimento após 18h deve ser somente por delivery. Outra medida importante na prevenção é a obrigatoriedade do uso de máscaras nos espaços públicos e estabelecimentos, o controle da circulação de pessoas por meio da atuação das barreiras sanitárias e as restrições para o funcionamento do comércio e serviços.

Segundo depoimento de um agente, durante fiscalização em um bar na Avenida Liberdade, por volta das 19h, com aglomerações de pessoas, o proprietário foi orientado sobre o decreto e o mesmo solicitou mais 15 minutos para fechamento do bar. O vereador Eziel, que era um dos clientes, quando presenciou os fiscais e miliares do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) iniciou uma agressão verbal chamando todos ali de safado, pilantra e dizendo que todos que ali estavam eram coniventes. “Eu sou autoridade”, disse Eziel segundo depoimento do agente.

O Gerente de Postura aproximou-se e pediu para que o proprietário fechasse o bar e mais uma vez Eziel disse que ele era a autoridade e que não tinham o direito de fechar o bar. Neste momento, um tumulto foi criado.

Ainda segundo o depoimento, um outro fiscal chegou para falar com o vereador que o classificou como preto dizendo que ele era o único que não teria o direito de falar no momento, pois de acordo com Eziel ele era diferente. ” Você é estranho”, relatou.

Eziel foi encaminhado até a 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra e após para 146ª Delegacia de Polícia de Guarus (Central de flagrantes do final de semana).

O site Parahybano tentou contato com a assessoria do vereador, mas não obteve êxito. O espaço segue aberto para as considerações de Eziel.

Foto: Divulgação

TRE multa vereador em R$ 20 mil por propaganda em culto no Norte do Rio, diz site G1 (AQUI)

O Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro manteve, na sessão da última segunda-feira (3 de fevereiro de 2014), a condenação do vereador de São João da Barra, no Norte Fluminense, Eziel Pedro da Silva (PSDC) a pagamento de multa de R$ 20 mil por propaganda antecipada num culto que aconteceu no dia 1º de julho de 2012, na Assembleia de Deus da localidade de Cajueiro.

De acordo com o TRE, ele teria anunciado que estava doando material de construção para as obras da igreja, acrescentando que “quando eu precisar de vocês, me ajudem”. A equipe de reportagem do G1 entrou em contato com a Câmara do município, na expectativa de ouvir o vereador, mas as ligações não foram atendidas.

Eziel Pedro lança pré-candidatura a vice-prefeito em SJB

 

Foto: Divulgação

Vereador pelo segundo mandato, Eziel Pedro, que deixou o MDB e assinou no Partido Social Cristão (PSC), diz que pensa em voos mais alto na vida pública, segundo uma matéria publicado no site blog do Arnaldo Neto (AQUI), hospedado no jornal Folha da Manhã. Ele declarou que estuda “fortemente” a possibilidade de não ser candidato para mais uma eleição na Câmara. Segundo o vereador, ele já deu a sua contribuição ao Legislativo sanjoanense e o momento exige uma reflexão para uma nova postura política para o próximo pleito.

— Estou praticamente convencido de colocar humildemente o meu nome, junto com outros nomes, para que o partido estude a possibilidade e me dê uma oportunidade de ser candidato a vice-prefeito. Antes de confirmar a decisão, vou conversar com as pessoas que me acompanham no grupo político — afirmou Eziel, que não esconde o seu entusiasmo na dobradinha com o PSD, que tem como pré-candidato a prefeito Emilson Amaral. Para o vereador, o radialista resume a vontade e o anseio da população neste momento.

 

1 Comentário

  1. É uma besta podia ta usando a máscara

    Reply

Comente