SJB tem baixo risco para infestação do Aedes aegypti

O LIRAa é obrigatório, os dados de amostras são enviados para o Estado, que informam os extratos e a média do índice de infestação

Foto: Divulgação

O município de São João da Barra tem baixo risco de infestação do Aedes aegypti, de acordo com dados do LIRAa (Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti). O extrato mostrou que o índice de infestação para o mosquito é de 0.9, portanto, considerado de baixo risco.  A informação foi divulgada pelo Núcleo de Controle de Zoonoses (NCZ) de São João da Barra, que apresentou o resultado do LIRAa realizado entre os dias 5 e 10 deste mês.

O LIRAa é obrigatório, os dados de amostras são enviados para o Estado, que informa os extratos e a média do índice de infestação. O levantamento, de acordo com o diretor do NCZ, Marcos Machado, é feito por amostragem de como está à situação do município em relação ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya.

O órgão vem desenvolvendo um intenso trabalho de combate ao mosquito, além de visitações periódicas, mutirões, e esclarecimentos sobre os cuidados para a não proliferação.

“Pedimos sempre o apoio da população, que nos ajude olhando seus imóveis pelo menos uma vez por semana eliminando os focos ou possíveis criadouros”, alerta o diretor do NCZ.

O LIRAa é uma atividade que foi desenvolvida pelo Ministério da Saúde em 2002. Ela permite a identificação de áreas com maior proporção/ocorrência de focos, bem como dos criadouros predominantes, indicando o risco de transmissão de dengue, febre de chikungunya e zika vírus.

A ação é realizada por meio da visita a um determinado número de imóveis do município, onde ocorre a coleta de larvas para definir o Índice de Infestação Predial (IIP).

De acordo com o Ministério da Saúde, os parâmetros do LIRAa são: menor que 1, considerado de baixo risco;  1 a 3.9  de médio risco; maior que 3.9, de alto risco de infestação.

Agenda de mutirões – Na próxima semana o Núcleo de Controle de Zoonoses (NCZ), de São João da Barra, irá realizar pelo menos mais cinco mutirões de combate e prevenção ao mosquito Aedes aegypti.

Agenda de Mutirões de Combate e prevenção ao Aedes aegypti

* 21/05 – Grussaí (Tele Santana);

* 21/05 – Atafona (Carrapicho e Coréia);

* 22/05 – Grussaí (Figueira);

* 23 e 24/05 – Cajueiro

Fonte: Secom – SJB

 

1 Comentário

  1. E então pq tem tanta gente com chikungunya??? Fiz exame ontem num laboratorio particular e quem fez a coleta me informou que tem mta gente.E trabalho em 2 escolas onde varios alunos e professores estão

    Reply

Comente