SJB mantém tradição das festividades do Divino Espírito Santo

Comemorações ocorrem há 244 anos em São João da Barra

Foto: Paulo Pinheiro

A culminância da festa do Divino Espírito Santo, em São João da Barra,  com alvorada festiva, cortejo da imperatriz Julia França de Abreu Rangel e do imperador Gabriel dos Santos Penha, missas, procissão, descida do mastro e queima de fogos movimentou a cidade no último domingo, 9.

Como acontece tradicionalmente há 244 anos, o encerramento das festividades foi marcado com clima de emoção e felicidade após a divulgação do sorteio do imperador e da imperatriz 2020. Foram contemplados  o imperador, que reside em Atafona, Luís Fernando Gonçalves Martins, e a imperatriz, Izabella Monteiro Ribeiro da Silva, que há três anos participava do sorteio.

Foto: Paulo Pinheiro

Para Monique Abreu, mãe da imperatriz Júlia, foi uma emoção participar desta tradicional festa. “Na minha infância sempre tive o desejo de ser imperatriz e nunca fui contemplada. A felicidade foi em dobro após minha filha conseguir, ao participar do sorteio pela primeira vez, e concretizar um sonho antigo que era meu e passou de geração para geração”, declarou Monique.

Novena, oração da Coroa do Divino, bênção do Santíssimo Sacramento, passeio ciclístico do Divino, e transladada a Custódia do Divino Espírito Santo para a residência da imperatriz também fizeram parte da programação no final de semana.

Realizada pela Comissão do Divino – Paróquia de São João Batista -, com apoio da Prefeitura e da comunidade, a 244ª festa do Divino manteve viva a tradição das comemorações pela vinda do Espírito Santo aos apóstolos de Jesus Cristo.

Fonte: Secom – SJB

Comente