Segue internado o Padre Jorge Guimarães

Foto: Elder Amaral

Segue internado em um hospital particular em Campos dos Goytacazes, o Pároco da Paróquia São João Batista, Jorge Guimarães de Oliveira, de 56 anos, após passar mal durante a terceira celebração na noite de ontem, domingo, 09, em São João da Barra.

Jorge, de acordo com a assessoria de imprensa da Diocese de Campos, teve uma alteração de pressão seguida por lapso de memória. Apresentou melhoras horas depois do ocorrido, mas ainda não tem previsão de receber alta médica. Após passar mal no altar da igreja São João Batista durante a missa do Divino Espírito Santo, ele foi socorrido por um carro até a emergência da Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra sendo, logo, transferido até um hospital particular.

O Bispo Diocesano de Campos, Dom Roberto Francisco Ferrería Paz, emitiu uma nota sobre o acontecido e disse que a Diocese está prestando toda a assistência necessária ao Padre.

“Informamos que o Pe. Jorge Guimarães de Oliveira passou mal, devido a uma pressão alta, minutos após ter iniciado a celebração da Santa Missa, na noite deste domingo (09/06). O padre foi socorrido pelos fiéis para a Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra, em seguida transferido para um Hospital particular de Campos. O Pe. Jorge que permanece internado já passou por exames. Ele está lúcido, mas no soro. A Diocese de Campos está prestando toda a assistência necessária, rezemos por sua recuperação.”

A Irmandade de Nossa Senhora da Penha publicou em sua página oficial no Facebook uma mensagem de carinho ao Padre Jorge.

“Desejamos e ao Bom Deus pedimos e rogamos pela intercessão da Virgem da Penha, a rápida e pronta recuperação do nosso querido e amado Pároco e Reitor. Que o Divino Espírito Santo pelo dia que ontem celebramos com tanta espiritualidade através do ardor missionário do Pe. Jorge que em suas missas nos convoca sempre ao amor de Deus, possa restaurar suas forças e saúde. Nossa Paróquia e a comunidade do nosso Santuário neste momento reza pedindo a Deus nosso Senhor por nosso amado pai e pastor.”

O caso 

Foto: Elder Amaral

Jorge estava celebrando a missa do Divino Espírito Santo na igreja São João Batista quando não se sentiu bem e caiu. Ministros da Eucaristia levantaram o Padre e minutos depois precisou ser encaminhado até a Santa Casa. Guimarães foi atendido por uma equipe médica da unidade e, por estar com suspeita de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), foi transferido para um hospital particular, em Campos. Exames descartaram a hipótese de um AVC.

A missa, com a presença da Imperatriz Júlia França de Abreu Rangel e do Imperador Gabriel dos Santos Penha, teve prosseguimento e, em seguida, a procissão que percorreu ruas de São João da Barra. Durante o trajeto, a procissão seguia pela rua João Francisco de Almeida e os fiéis pararam na porta da Santa Casa para prestar solidariedade ao Padre que ainda acenou e foi colocado em uma ambulância.

Comente