Primeiro caso de H1N1 é confirmado em SJB

Foto: Divulgação

O primeiro caso de H1N1 foi confirmado pela prefeitura de São João da Barra, de uma paciente de 52 anos que deu entrada na rede municipal no dia 28 de maio.

Em nota, a prefeitura disse que à suspeita do vírus H1N1, em uma paciente, de 52 anos, foi confirmada após o resultado de exames laboratoriais, sendo o primeiro caso registrado no município.

Outro caso suspeito de H1N1 encontra-se na Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra, no setor de isolamento, seguindo os protocolos do Ministério da Saúde. O estado do paciente é estável e a suspeita está se descaracterizando, podendo ser descartada após o resultado do exame. No caso de suspeita de meningite, o paciente foi transferido para o Hospital Ferreira Machado, que é referência na região, e exames estão sendo feitos para constatar ou não a doença.

Desde as primeiras 24 horas após a apresentação dos sintomas, foi seguido todo o protocolo recomendado pelo Ministério da Saúde, com isolamento, fluxograma para a realização dos exames e remoção para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A paciente, portadora de doença crônica, que a coloca no grupo prioritário e dificulta seu quadro de saúde, não havia sido imunizada contra o H1N1. Seu quadro é estável, com possibilidade de deixar UTI nos próximos dias.

A secretaria reforça, ainda, que a vacina contra gripe é o meio mais eficaz na prevenção à doença e se encontra disponível para a população em nove unidades de saúde da rede municipal atendendo, até o dia 15 de junho, o grupo prioritário. Após essa data, a vacinação estará disponível a toda população.

Grupo prioritário:

-Trabalhadores da saúde
– Povos indígenas
– Puérperas (mulheres até 45 dias após o parto)
– Idosos
– Professores de escolas públicas e privadas
– Pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa
– Jovens sob medidas socioeducativas
– Funcionários do sistema prisional
– Pessoas privadas de liberdade
– Profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas).

Leia também: Secretaria de Saúde de SJB investiga caso suspeito de H1N1

Campanha de Vacinação contra gripe em SJB é prorrogada

 

Comente