Homem morre com suspeita de dengue hemorrágica em SFI

Foto: DIvulgação

Rones Pereira da Silva, de 33 anos, morador da localidade de Floresta, em São Francisco de Itabapoana (SFI), morreu na manhã de sábado (8) com suspeita de dengue hemorrágica. Ele teria sentido dor de cabeça e febre, durante a semana, ao retornar de um torneio de passarinho, com dois amigos, no distrito de Travessão, em Campos. Rones foi internado na quinta-feira (6), no Hospital Manoel Carola, em Ponto de Cacimbas, mas com a evolução da doença foi transferido para o Hospital Geral de Guarus (HGG), onde veio a óbito. Segundo a Prefeitura de SFI, o município iniciará um trabalho a partir desta terça-feira (11) pelos locais com maior incidência de casos notificados.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Sebastião Cambista, o Hospital Manoel Carola notificou o caso como dengue mediante aos sintomas e exames clínicos e laboratoriais realizados, no entanto, somente a Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmará o diagnóstico de dengue hemorrágica. Rones faleceu enquanto a equipe médica do HGG fazia uma avaliação dentro da ambulância do Resgate Municipal. Em seguida, o veículo retornou com o corpo para o Hospital Manoel Carola, de onde foi liberado para sepultamento.

Na manhã desta terça-feira, por volta das 8h, o secretário estará em uma operação de combate ao Aedes aegypti, em Guaxindiba, com auxílio de carro fumacê. Na oportunidade, será divulgada uma nota oficial sobre o caso e com os índices das doenças transmitidas pelo mosquito.

Em nota, a Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da SES informou que “foram registrados, até 4 de junho de 2019, 20.622 casos de dengue no Estado do Rio de Janeiro, sem ocorrência de óbito. No mesmo período de 2018, foram 10.676 casos da doença”.

Folha da Manhã entrou em contato com a Prefeitura de Campos e aguarda respostas.

Fonte: Folha da Manhã

Comente