Carla Machado recebe secretário de Estado em SJB

Prefeita aproveitou a oportunidade para solicitar uma reunião e pedir conclusão da Ponte da Integração

Foto: Secom – SJB

A prefeita de São João da Barra, Carla Machado, acompanhou, na manhã desta sexta-feira, 11, a visita do Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda, Lucas Tristão, ao município. Após conhecer as instalações do complexo portuário do Açu, a comitiva esteve nas obras da Ponte da Integração Genecy Mendonça, que liga São João da Barra a São Francisco de Itabapoana.

Na oportunidade, a prefeita solicitou uma agenda com o secretário para discutirem questões econômicas que envolvem o município e defendeu a continuidade das obras e conclusão da ponte.

“Vamos aguardar para que o secretário tome pé de toda situação. Mas conversamos e já deixamos esse compromisso em aberto. O porto é um grande empreendimento e que une os municípios da região, pois aquece toda a economia regional, e a ponte é fundamental nesse contexto. Essa demanda com certeza será levada aos órgãos responsáveis e estamos confiantes que o término dessa importante obra se dará muito em breve, tamanha necessidade para economia de toda região Norte Fluminense, em especial para São João da Barra, Campos e São Francisco de Itabapoana, até porque já foram investidos 92 milhões, cerca de 75% do valor total da obra”, disse a prefeita.

Já o Secretário de Estado afirmou que o maior desafio do complexo portuário são os acessos, tanto ferroviário quando rodoviário. A ele foi apresentado à maquete do porto. “O maior desafio do Porto do Açu hoje são os acessos pelas malhas rodoviária e ferroviária”, destacou o representante do governo Wilson Witzel.

O diretor comercial de Óleo e Gás da Porto do Açu Operações, Antônio Ferreira, e o CEO da GNA, Bernardo Perseke, representaram o empreendimento. A comitiva do Estado tinha ainda a subsecretária de Óleo, Gás, Energia e Indústria, Cristina Pinho, e o superintendente de Energia e Gás, Bernardo Sarreta. O foco da visita foi o setor de óleo e gás. Tristão também conheceu no Porto, os terminais da Açu Petróleo, Gás Natural Açu (GNA) e BPort.

O Porto do Açu está operando desde 2014 e ocupa uma área total de 130 km², com localização é estratégica o Porto possui nove terminais, divididos em áreas offshore e onshore.

Fonte: Secom – SJB

 

Comente