mini-renatoOpinião

Elder Amaral

Aneel aprova revisão tarifária extraordinária da Enel

Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (26) revisão tarifária extraordinária (RTE) da Enel Distribuição Rio. A revisão para consumidores de baixa tensão, em sua maioria clientes residenciais, alterou o aumento de 9,72% para 7,49%, e para os clientes de média e alta tensão, em geral indústrias e grandes comércios, o índice aprovado de 9,65% para 7,49%. A revisão será, em média, de 7,59%, uma redução em relação aos 9,70% anunciados no dia 15 de março desse ano, e passa a vigorar a partir do dia 01 de abril de 2019.

A revisão extraordinária foi necessária devido à decisão da Diretoria da Aneel do dia 20 de março de 2019, que autorizou a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) a concluir o acordo com grupo de oito bancos para antecipar a quitação da chamada CDE Conta-ACR em setembro de 2019. Assim, as distribuidoras deixarão de realizar os desembolsos mensais para a conta a partir de outubro de 2019 até abril de 2020, sendo os efeitos desta quitação refletidos diretamente na tarifa da Enel Distribuição Rio, através da redução tarifária aprovada pela ANEEL através da Revisão Tarifária Extraordinária (RTE).

Veja abaixo como fica a composição da conta de energia da Enel Distribuição Rio após a aprovação da revisão tarifária extraordinária divulgada hoje (26):

Foto: Divulgação

A Enel Distribuição Rio, subsidiária da multinacional italiana Enel, serve a 66 municípios do estado do Rio de Janeiro, abrangendo 73% do território estadual, com cobertura de uma área de 32.188 km². A Região Metropolitana de Niterói e São Gonçalo e os municípios de Itaboraí e Magé representam a maior concentração do total de 3,1 milhões de clientes atendidos pela companhia. A distribuidora também desenvolve um programa de Responsabilidade Social, baseado no tripé da sustentabilidade, que abrange os aspectos sociais, econômicos e ambientais.

Fonte: Ascom

 

Comente