Rei Momo e Rainha são eleitos e melhor marchinha é premiada em SJB

Bruno Germano e Yara Gaiato foram os vencedores do concurso; a marchinha vencedora foi “Terra de Apelidos”, de Eliandro Cardoso

Foto: Elder Amaral

A folia só começa oficialmente na semana que vem, mas em São João da Barra o clima já é de carnaval. Na noite desta sexta-feira, 14, Bruno Germano e Yara Gaiato foram eleitos Rei Momo e Rainha do Carnaval 2020, em uma festa organizada pela Prefeitura no Largo Mariquinha Salva, no Cais do Imperador, que foi palco também do Concurso de Marchinhas. O vencedor foi o músico sanjoanense Eliandro Cardoso, com a divertida “Terra de Apelidos”, que caiu no gosto dos jurados e do público.

Professor de dança e estudante de teatro, Bruno recebeu a faixa do Rei Momo do ano passado, João Filiphe Amaral. “Estou muito feliz por representar esta festa tão importante para nosso município e desejo a todos um carnaval de alegria e principalmente união”, disse o jovem de 25 anos, que concorreu pela primeira vez. Yara recebeu a faixa da Rainha de 2019, Jhoaline Silva . ‘É inesquecível este momento para mim”, declarou a estudante de 19 que se prepara para cursar medicina veterinária, aproveitando a oportunidade para deixar o recado: “Aproveitem a folia, mas não esqueçam que não é não”, afirmou, reforçando a luta das mulheres contra o assédio.

Participaram da comissão julgadora do concurso de Rainha e Rei Momo a artista plástica Márcia Coutinho, o secretário municipal de Educação e Cultura, Daniel Damasceno, e a atriz e professora de teatro Ana Pavão.

Foto: Divulgação

No Concurso de Marchinhas, o primeiro lugar ficou com “Terra de Apelidos”, de Eliandro Cardoso. Ele levou para casa troféu e R$ 3 mil. Eliandro contou que a ideia surgiu em uma conversa com a mãe e o irmão sobre os sanjoanenses conhecidos por seus apelidos. “Há muitas pessoas que não são conhecidas por seus nomes. Fomos lembrando todos os apelidos e veio a ideia de compor a música”, contou o músico, que participou pela terceira vez do concurso, mas nunca tinha ficado em primeiro lugar. O segundo lugar, que teve prêmio de R$ 2 mil, foi para “Combinação perfeita: São João da Barra e carnaval”, de Lalesca Meireles Nunes. O terceiro ficou com “É festa todo dia, show de alegria”, de André França Lopes, com premiação de R$ 1 mil.

O Concurso de Marchinhas teve 18 inscritos, dos quais 10 foram previamente selecionados para a apresentação no palco. Mas só oito concorrentes de apresentaram. André Pinto, que teve a marchinha “A rosquinha do Barão” classificada, informou à comissão organizadora previamente que teve um problema de saúde e não poderia participar. Outra marchinha selecionada, “Tormenta”, de Telço Araújo, foi desclassificada por não ter cumprido duas etapas que constavam do regulamento: reunião com a direção musical do concurso e ensaio com a banda oficial do evento, a Mistura Fina. A comissão organizadora informou que tentou contato por telefone e whatsApp, sem sucesso.

Os músicos Luiz Fernando Rocha, Lenie Vieira e Rhaffa Henrique integraram o júri do Concurso de Marchinhas.

O secretário municipal de Turismo, Esporte e Lazer, Flávio Raposo, informou que a programação do carnaval está praticamente pronta e toda a estrutura para a realização da festa também está sendo organizada. “Mais uma vez São João da Barra vai ser palco, com certeza, do melhor carnaval de rua do interior do Estado do Rio. Estamos trabalhando muito para oferecer o melhor aos nossos foliões”, afirmou.

 

Comente