Primeira soltura de filhotes de tartarugas marinhas de 2020 em Atafona

Ação aconteceu nesta sexta-feira, na praia de Atafona 

Foto: Paulo Pinheiro

Aproximadamente 500 pessoas se reuniram nesta sexta-feira, 10, na orla em frente ao Espaço da Ciência, em Atafona, para a primeira soltura do ano de tartarugas marinhas da espécie Caretta caretta. A ação é do Programa de Monitoramento de Tartarugas Marinhas do Porto do Açu, em parceria com a Prefeitura de São João da Barra, através das secretarias de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Educação e Cultura e Segurança Pública, Programa Tamar e Agência da Capitania dos Portos de São João da Barra.

Estão programadas mais três ações nas praias de São João da Barra, com o objetivo de levar conhecimento e estimular as boas práticas ambientais junto à população local e veranistas. As atividades acontecerão em diferentes pontos da orla, para atingir o maior número de pessoas, durante os meses de janeiro e fevereiro.

A Gerente da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Marcelle Terra, aproveitou a oportunidade para agradecer a parceria entre as instituições envolvidas e ressaltou que o projeto tem como objetivo de sensibilizar a população sobre a preservação e conservação ambiental.

Foto: Paulo Pinheiro

Alunos das escolas municipais que estão participando da Colônia de Férias fizeram parte da soltura de tartarugas que reuniu ainda turistas e moradores da cidade.

Para a coordenadora pedagógica do Ciep municipalizado Profª Gladys Teixeira, Albertina Lopes, foi a oportunidade para muitas crianças verem pela primeira vez um filhote de tartaruga. “Elas ficaram encantadas com a soltura, foi uma experiência enriquecedora”, destacou.

O Programa de Monitoramento de Tartarugas Marinhas atende a diretrizes técnicas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Tamar e do Instituto Estadual do Ambiente (INEA). Em 11 anos de programa, são mais de 13 mil ninhos registrados e cerca de 912 mil filhotes soltos ao mar.

As próximas solturas acontecem no dia 24, em frente ao Polo Gastronômico, em Grussaí, às 9h, no dia 07 de fevereiro na Lagoa de Iquipari, às 16h e, encerrando o projeto, no dia 21 de fevereiro, no Açu, em frente à Escola Municipal Chrisanto Henrique de Souza, às 16h.

2 Comentários

  1. Infelizmente foram poucas crianças que conseguiram ver, pois os adultos se aglomeraram no entorno do espaço destinado a soltura, não permitindo, lógico, em razão da altura (adultos e criancas) que os menores pudessem apreciar tal fato.

    Reply
  2. A aérea delimitada foi muito pequena,o que dificultou a todos,tem que repensar a forma de melhorar delimitando de maneira que todos possam acompanhar.

    Reply

Comente