“Não é fácil passar por esse vírus”, diz morador do Açu curado da Covid-19

A confirmação do primeiro caso do novo coronavírus em SJB foi no dia 05 de abril 

Foto: Divulgação

Em tempo onde o Brasil registra mais de 300 mil casos de Covid-19, onde mais de 20 mil pessoas morreram, sobreviver é uma forma de lutar ainda mais pela vida. Entre os 36 pacientes de São João da Barra que venceram o coronavírus, está o caminhoneiro Aldemir Rangel Nogueira, de 54 anos, morador do Açu.

Aldemir deu entrada no Centro de Combate ao Coronavírus no dia 7 de maio, com sintomas de gripe que, inicialmente, estava tratando em casa. Com a piora do quadro e a suspeita da Covid-19, foi orientado, após contato telefônico, a procurar atendimento médico imediato. Com a confirmação por meio do teste rápido, veio a internação na Santa Casa de Misericórdia, já que o Hospital de Campanha ainda não havia entrado em funcionamento.

“Foram dias difíceis. Tive que ficar longe da minha família, isolado, se não fosse o apoio e o carinho da equipe de saúde, teria sido muito pior”, contou o paciente, que já foi liberado para voltar para casa e reforça a importância das pessoas se cuidarem e o trabalho feito no município. “Não é fácil passar por esse vírus. Vi pessoas do meu lado em situação muito mais grave. É desesperador, mas encontrei profissionais dedicados, que foram a minha família nos dias de internação, só tenho que agradecer por todo o cuidado que venho recebendo”, ponderou.

Foto: Divulgação

O médico Rafael Chacar, que está acompanhando o paciente, destacou que apesar de liberado para ir para casa ainda é necessário seguir alguns cuidados. “Por se tratar de um paciente grave, apesar de já terem se passado cerca de 30 dias dos primeiros sintomas, ainda é necessário manter as medidas como o isolamento social e ir retomando aos poucos às atividades do dia a dia”, informou o médico, acrescentando que o paciente ainda será submetido a uma tomografia do tórax para avaliação e, se for necessário, a sessões de fisioterapia respiratória a fim de evitar sequelas.

Para a família do caminhoneiro o momento é de agradecimento e alegria. “Ele teve um atendimento de excelência, acesso ao tratamento na mesma hora que chegou à unidade. Só tenho que agradecer a Deus e ao trabalho do governo municipal pelo empenho que está tratando essa situação, com uma estrutura de primeira e uma equipe impecável nos cuidados com os pacientes”, destacou a esposa Márcia Cristina Nogueira.

Morre caminhoneiro vítima de coronavírus em SJB

Foto: Divulgação

O quarto caso confirmado de coronavírus em São João da Barra, de um caminhoneiro de 49 anos, não resistiu e veio a óbito por volta das 22h do último domingo, 19 de abril, na Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra.

O homem estava internado na Unidade para Pacientes Graves da Santa Casa de Misericórdia do Município e, após sofrer uma parada cardiorrespiratória, não resistiu mesmo com todas as tentativas de reanimação.

O caminhoneiro, morador da localidade de Campo de Areia, 5º Distrito, estava retornando do Rio de Janeiro para São João da Barra com seu irmão e na segunda-feira, 06 de abril, quando os sintomas apareceram. Ele buscou atendimento em uma unidade de saúde mais próxima e depois foi transferido para o Centro de Combate ao Coronavírus. O caso foi confirmando na noite do dia 13 de abril. Já no dia 14 teve agravamento no quadro clínico, sendo transferido para a Santa Casa, colocado em ventilação artificial e recebendo o tratamento pelo protocolo, utilizando entre outros medicamentos, a hidroxicloroquina.

O irmão não apresentou sintomas de covid-19 e segue em isolamento domiciliar, assim como uma criança, seu pai e sua mãe.

A Secretaria de Saúde classifica o contágio como caso importado, pois a vítima exercia a profissão de caminhoneiro e viajava com frequência à cidade do Rio de Janeiro, área de risco. Não é de conhecimento da Secretaria Municipal de Saúde nenhuma doença pré existente.

Segundo caminhoneiro morre por Covid-19 em SJB

A Secretaria de Saúde de São João da Barra confirmou como coronavírus a causa do óbito registrado no dia 10 de maio, de um homem de 54 anos, morador de Cazumbá, 5° Distrito, que apresentava comorbidades.

Ao retornar da cidade do Rio de Janeiro, por exercer o ofício de caminhoneiro, o paciente apresentou sintomas respiratórios por aproximadamente três dias. A Secretaria de Saúde foi acionada e fez a remoção para o Centro de Combate ao Coronavírus, com um quadro de dificuldade respiratória, que se agravou e ele veio a óbito.

Servidor da Câmara morre por coronavírus em SJB

Foto: Divulgação

O servidor da Câmara de São João da Barra há cerca de 35 anos, Antônio Carlos Souza Gomes, de 66 anos, conhecido como Toninho 10, foi a segunda vítima confirmada por coronavírus em São João da Barra. Toninho estava internado na Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra por dias, foi transferido para o hospital de Campanha e não resistiu vindo a óbito na madrugada da útlima terça-feira, 12 de maio.

Pelas redes sociais, seu filho Adriano, disse que o pai não merecia um final assim.

– É com uma imensa dor na alma que, comunico o falecimento do homem mais espetacular que conheci nessa vida, meu paizinho Toninho 10 nos deixou nesta madrugada, vítima desse maldito vírus que está assolando a humanidade. Infelizmente não poderemos nem fazer um sepultamento. Meu pai não merecia um final assim -, disse Adriano. 

Hospital Campanha Covid-19 em SJB

No dia 9 de maio, entrou em funcionamento o Hospital de Campanha Covid-19, o primeiro do Norte do Estado, implantado com recursos municipais.

– Para colocar o Hospital de Campanha em funcionamento, foi necessário um grande esforço que envolveu diversos setores, mas destaco o empenho, bravura e amor à profissão dos profissionais de Saúde, setor tão importante neste período de pandemia. A unidade está em pleno funcionamento para atender pacientes de média e alta complexidade, com leitos de UTI e clínicos, além de uma farmácia abastecida com EPI e medicamentos para auxiliar no tratamento dos infectados – destaca a prefeita Carla Machado.

Instalado no espaço do Centro de Emergência, às margens da BR-356, na entrada da cidade, o Hospital de Campanha conta, em sua estrutura, com túnel de desinfecção, salas de estabilização, isolamento, radiografia, para testes de diagnóstico e equipamentos como central de oxigênio, sistema de refrigeração e gerador.

Leia também: Morre caminhoneiro vítima de coronavírus em SJB

Segunda morte por Covid-19 em SJB

Terceiro óbito confirmado por coronavírus em SJB

Morte por suspeita de Covid-19 é investigada em SJB

 

Comente