Música de São João del-Rei vence o 32º Fescan de SJB

Festival da canção de São João da Barra teve 82 obras inscritas; premiação total é de R$ 16 mil

Foto: Divulgação

A canção “Morador antigo”, de autoria de Thobias Jacó, foi a grande vencedora da 32ª edição do Festival Sanjoanense da Canção (Fescan) de São João da Barra. O compositor de São João del-Rei conquistou o primeiro lugar e também levou o prêmio de melhor intérprete ao lado de Gabriel Guedes, formando o Duo Aduar. A canção “Morador antigo” arrebatou R$ 7 mil de premiação. O segundo lugar ficou com “Sertão”, de Bruno Barreto, de Niterói, e a terceira colocação foi para Getúlio Nascimento, da cidade do Rio de Janeiro, que concorreu com “Eu vim”, canção vencedora também do prêmio de melhor arranjo. O anúncio do resultado foi feito na noite desta terça-feira, 15, nas redes sociais da Prefeitura.

Na categoria voto popular, venceram o sanjoanense Dirceu Cândido, com “Vamos espalhar o amor”, apresentada no primeiro dia do festival, e o macaense Guilherme Lisboa, com “Lei da gravidade”, apresentada no segundo dia.

O Fescan 2020 foi realizado de forma virtual, com apresentações nos dias 13 e 14 deste mês no Facebook da Prefeitura. Ao todo foram 82 obras inscritas no festival, um dos mais tradicionais do Estado do Rio, com a participação de músicos de São João da Barra, Campos dos Goytacazes, Macaé, Três Rios, São Gonçalo, Niterói, São Fidélis, Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte, Lagoa Santa e São João del-Rei (MG) e Cruz das Almas (BA).

— Fico muito feliz que a canção tenha sido premiada, porque ela é sobre povo do Brasil de dentro, do interior, que produz o alimento. Um povo forte, que aguenta firme as intempéries. E feliz também por ter sido premiada em um festival com tantos bons músicos de vários lugares do país e dos bons músicos de São João da Barra. É uma alegria só pela oportunidade de mais uma vez participar deste festival — disse Thobias Jacó, autor de “Morador antigo”.

São R$ 16 mil em prêmios, sendo R$ 6 mil para o primeiro lugar, R$ 4 mil para o segundo e R$ 3 mil para o terceiro. Melhor arranjo e melhor intérprete recebem R$ 1 mil cada e melhor canção popular do dia, R$ 500 cada.

Participaram da comissão julgadora do 32º Fescan a violoncelista Lenie Vieira, o pianista Vinícius Martins e o mestre em música Diogo Rebel. Presidente da comissão julgadora, Diogo deu o voto de minerva para o desempate no quesito melhor intérprete.

Confira a pontuação:

Melhor canção
1º lugar:“Morador antigo” – 111,7 pontos
2º lugar: “Sertão” – 109 pontos
3º lugar: “Eu vim” – 106,7 pontos
Melhor intérprete
“Morador Antigo” – 28,5 pontos

Melhor arranjo
“Eu vim” – 27 pontos
Melhor canção (júri popular de 13/12)
“Vamos espalhar o amor” – 6.418 votos
Melhor canção (júri popular de 14/12)
“Lei da Gravidade” – 8. 241 votos

Fonte: Secom

Comente