Guarda-vidas atuam nas praias e lagoas de SJB

Ao todo são 60 profissionais, que foram treinados para salvamento e primeiros socorros

Foto: Divulgação

O serviço de salvamento marítimo em São João da Barra, iniciado em janeiro, prossegue durante todo o verão com 60 salva-vidas, distribuídos em 25 postos do Pontal de Atafona à Lagoa de Iquipari e da Lagoa do Açu até as proximidades do Porto, além das passarelas de acessibilidade, para facilitar o acesso dos cadeirantes à faixa de areia e ao mar. O objetivo é minimizar riscos de acidentes e afogamentos, proporcionando mais segurança para banhistas no verão 2020.

O coordenador da Defesa Civil Municipal, Wellington Barreto, informou que na primeira quinzena de janeiro foram efetuados 50 salvamentos, sendo sem gravidade quanto ao grau de afogamento. “A dica para o banhista é ficar próximo aos postos dos guarda-vidas e solicitar orientações sobre o melhor local para se banhar, evitando as valas”, alertou o coordenador.

— A atuação da Prefeitura em 25 postos, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública, é em apoio ao Corpo de Bombeiros, que disponibilizou o serviço de salvamento em três postos, totalizando 28 postos do Pontal de Atafona ao Açu, incluindo as lagoas — explicou Wellington, ressaltando que a Marinha, órgão responsável pela fiscalização aquática, intensificou as ações neste período de alta temporada.

Todos os guarda-vidas receberam treinamento sobre as técnicas de entrada e retirada da vítima da água, noções de primeiros socorros, natação e corrida. E estão preparados também para orientar sobre áreas de riscos para o banho e atuar na localização de crianças perdidas na faixa de areia, que devem estar portando uma pulseira com o número do telefone dos pais.

Fonte: Secom – SJB

 

Comente