Fortes chuvas causam transtornos para moradores do Pontal de Atafona e região Norte Fluminense

Foto: Parahybano

Com seis dias de chuva seguidos está apresentando problemas para municípios do Norte Fluminense. Em São João da Barra, as águas da chuva atingiram cerca de 30 casas no Pontal, em Atafona. Em Campos dos Goytacazes, um muro de um cemitério desabou e um setor do Hospital Geral de Guarus foi interditado. Já em São Francisco, a prefeita estuda a possibilidade de decretar Estado de Emergência e a instalação de um Gabinete de Gestão.

Segundo o coordenador da Defesa Civil de São João da Barra, Wéllington Barreto, somente foram recebidas solicitações de moradores do Pontal de Atafona.

Foto: Parahybano

– Na manhã desta quarta-feira, agentes da Defesa Civil realizaram a abertura de uma vala com objetivo de escoar águas nas cerca de 30 residências afetadas. Estamos fazendo o monitoramento também das praias, onde até o momento está tudo sob controle quanto as manchas de óleo. A secretaria de Pesca também está monitorando através dos pescadores em alto mar. Ontem choveu durante todo o dia até hoje cerca de 10 mm e o nível do rio está subindo devido as chuvas na região da zona da mata mineira, chegando a 5 metros com a maré cheia – destacou Wéllington.

O coordenador acrescenta, ainda, que a primeira medição do rio Paraíba na manhã desta quarta-feira, às 6h, estava 4,60 metros, já às 14h com 4,80 metros e às 18h com 4,65 metros. Já a quantidade de chuvas durante esta quarta-feira, foi de 9,05 mm. Somente das 18h da noite de ontem, 19, até hoje, às 6h, foram registrados 54,3 mm.

– Ontem, 19, uma retroescavadeira com quatro homens fizeram a abertura de uma vala para escoar água que estava nas residência. Hoje disponibilizamos um caminhão limpa fossa para atender aos moradores das casas afetadas. Estamos em alerta e dois trabalhadores estão de plantão através dos números 27418370 e 199 para que, em caso de emergência, possam ser acionados -, concluiu.

Agricultura

A secretária de Agricultura, Marcela Toledo, disse que as fortes chuvas não atrapalharam o trabalho dos agricultores.

– A seca estava muito grande, então a chuva vem ajudando muito os mais de mil produtores do município -, destacou.

Foto: Divulgação WhatsApp

Campos dos Goytacazes

Uma parte do muro do cemitério do Caju, em Campos, desabou. Segundo moradores, ninguém ficou ferido. Um setor do Hospital Geral de Guarus foi interditado. Parte do forro de gesso de uma das enfermarias desabou e pacientes tiveram que ser remanejados do local.

São Francisco do Itabapoana

Em Santa Clara, distrito de São Francisco do Itabapoana, a água chegou a invadir estabelecimentos comerciais e residências. A Força-Tarefa ainda está quantificando os danos e perdas. Uma família ficou desabrigada.

Foto: Prefeitura de SFI

A prefeita de São Francisco de Itabapoana, Francimara Azeredo da Silva Barbosa Lemos, estuda a possibilidade de decretar Estado de Emergência e a instalação de um Gabinete de Gestão diante dos danos e transtornos à população, bens materiais públicos e privados causados pelas chuvas, que atingem o município desde o último dia 15.

Previsão do tempo

De acordo com o Climatempo, deve contar com pancadas de chuva até o próximo domingo (24), mas com menor intensidade. Com temperatura miníma de 20º e máxima chegando a 32º.

 

Comente