Duplas sertanejas nacionais prometem animar Circuito Junino de SJB

hugo-e-tiago

Foto: Divulgação

O tradicional Circuito Junino de São João da Barra já tem dois shows nacionais confirmados segundo agenda dos cantores sertanejos Léo & Júnior e Hugo & Tiago. Embora a prefeitura de São João da Barra não tenha divulgado ainda a programação oficial do evento que terá início nesta sexta-feira, 12, nos festejos de Santo Antônio e terminará dia 29 na festa de São Pedro, os shows já estão confirmados.

Sem título

Foto: Divulgação

Segundo informações no site oficial da dupla Léo & Júnior, a agenda está marcada para às 22h no dia 17 de junho, data em que se comemora os 165 anos da cidade. Já na agenda do cantor Hugo & Tiago consta um show no dia 24, onde se comemora os dia de São João Batista, padroeiro de São João da Barra.

Em 2010, a dupla Hugo & Thiago encerrou a programação do Circuito na festa de São Pedro. Já em 2013, a dupla animou os festejos de Nossa Senhora da Penha, em Atafona.

Hugo e Thiago

Foto: Divulgação

Em 2014, a dupla Léo & Júnior se apresentou nos festejos de padroeira Santa Maria, em Degredo.

Concursos culturais prometem animar festejos de São João

Uma diversidade de atividades culturais que fazem parte da tradição no mês de junho em são João da Barra como o Fescan, Concurso de Quadrilhas, Show de calouros, Encontro de Academias e Desfile Fluvial prometem esquentar a 371ª festa do Padroeiro São João Batista, dentro da programação do Circuito Junino. Os eventos são promovidos pela secretaria Municipal de Educação e Cultura com o apoio da secretaria de Pesca, já se encontram com inscrições abertas para os concursos de Quadrilhas, calouros, Desfile Fluvial e XXIX Fescan, no Palácio Cultural Carlos Martins.

Em sua XVI edição, o concurso de Quadrilhas vai acontecer na sexta-feira 19, às 21h. De acordo com o regulamento, é necessário para participar que o responsável leve cópia da relação do nome do grupo, da quadrilha e resumo do tema que será apresentado; relação com todos os componentes do grupo, com data de nascimento; identidade, CPF e seu cartão bancário para ser feito o depósito do prêmio. A inscrição vai até o dia 18, no Palácio Cultural. Os três primeiros colocados serão premiados com troféus e dinheiro, sendo R$ 3.800 para o primeiro lugar, R$ 2.250 para o segundo e R$ 1.200 para o terceiro.

Outro concurso que vai acontecer no dia 23, às 15h, é o tradicional Desfile Fluvial do Padroeiro. Segundo o regulamento, as embarcações concorrentes deverão se inscrever na secretaria Municipal de Pesca. Os prêmios são para as cinco embarcações que mais se destacarem nos quesitos julgados. A premiação dará, além de troféus, primeiro lugar R$ 3.800, o segundo R$ 2.750 o terceiro R$ 2200 e o quarto e quinto, R$ 1650 e R$ 1.100, respectivamente.

Já o show de Calouros que acontecerá também no dia 23, às 21h, vai animar os festejos, onde os interessados também deverão preencher a inscrição no Palácio Cultural. A premiação dará ao primeiro lugar R$ 600 ao segundo R$ 400 e ao terceiro R$ 300.

Dia 18 de junho acontecerá o Café Literário no Centro Cultural Narcisa Amália, já dia 20 o XXIX Festival Sanjoanense da Canção, às 21h e dia 21, o XVIII Encontro de Academias Dóris Cunha também às 21h no palco oficial.

Léo & Júnior

Em uma família simples, formada por agricultores na pequena cidade de Rubiácea, interior de São Paulo, dois tesouros foram descobertos: os irmãos Leonardo e Wagner, então com 9 e 6 anos respectivamente, davam os primeiros sinais de talento e carisma, apresentando-se em festivais e concursos escolares. Já em 1989, com o nome de Wando e Wagner, passaram a se apresentar em festas universitárias.

Ainda pré-adolescentes, em 1990, com a ajuda do pai e dos avós, compraram seus primeiros instrumentos musicais e montaram a Banda Nova Era. Com Wando na guitarra e Wagner na bateria, eles faziam shows pelas cidades da região de Araçatuba (SP). Além dos shows próprios a banda acompanhou grandes nomes da música sertaneja na época, como Gilberto e Gilmar, Joaquim e Manuel e os consagrados Tonico e Tinoco, uma verdadeira escola para os artistas.

Em 1998 os irmãos ampliaram o grupo, passando a se chamar Banda Califórnia, com apresentações em grandes feiras, exposições e festas do peão. A banda era presença constante em programas regionais de TV.

Em 1999, buscando ampliar seus horizontes, os irmãos mudaram-se para São Paulo. Em fevereiro de 2000, Leonardo assumiu o nome artístico de Léo e Wagner, de Júnior. Passaram a cantar em casas noturnas, muitas vezes acompanhados de grandes nomes da música. Nascia aí Léo & Júnior, a dupla que ganharia destaque na música sertaneja.

Em 2004, veio o primeiro trabalho profissional da dupla, com a gravação do CD ” Cowboy de Coração”, lançado de forma independente, onde destacaram-se sucessos como “Por Toda Vida” e “Paixão e Saudade”. As músicas foram muito bem recebidas pela crítica e pelo público, o que motivou o convite para a inclusão de ambas na coletânea ” Gado Novo”, lançada pela Universal Music.

O segundo trabalho foi o CD ” Alegrando o Brasil”, gravado em 2008 de forma acústica – ao vivo. Motivado por sucessos como “Sem Você eu Morro”, “Vôo 777”, “Cinderela” , “Casei com a Tia”, e “Se entrega Amor”, entre outros, o CD foi sucesso absoluto, o que rendeu a dupla o prêmio “Troféu Pérola de Ouro 2008”, como a Melhor Dupla sertaneja naquele ano.

O trabalho é basicamente composto por músicas dançantes, no estilo universitário, mas o lado raiz não é deixado de lado. O pai Leonildo e o avô José chegaram a cantar com Tião Carreiro e tocaram acordeão com o saudoso Robertinho. “Meu avô tocava boiada e participava de rodas de viola, tanto nas comitivas quanto nos botecos, tomando um conhacão. Foi daí que nasceu o nosso amor pelas modas de viola e, em nossos shows, fazemos uma seleção especial com grandes clássicos” explica Léo.

Hugo & Tiago

Hugo & Tiago formaram uma dupla de um modo diferente. Em 2004, eles passaram mais de dois meses juntos no programa “Fama”, da Rede Globo. Não se conheciam e nem imaginavam que teriam o mesmo gosto pela música sertaneja, e foi assim que surgiu a amizade.

No programa, a dupla foi convidada a cantar juntos, e assim, surpreendeu produtores musicais e empresários artísticos, que se encantaram com a combinação de vozes e talento dos artistas. Tiago ganhou o programa, mas logo que saiu, ele e Hugo, foram convidados a mostrar o potencial da dupla em um CD, que trouxe o melhor do estilo sertanejo. “Foi uma choradeira só quando fomos convidados para formar essa dupla”, conta Hugo, agora, rindo sem parar. “A gente juntou a amizade, respeito, o gosto pela música e aceitou a proposta. Foi mais um desafio para nós”, diz Tiago.

Hugo Alves é extrovertido e não perde uma piada. Nascido e criado em Goiânia e cidades vizinhas, começou a cantar com sete anos. “Eu cantava nas Festinhas de colégio, fazia peças de teatro. Aprendi a tocar violão com 15 anos. Mas também tirei muito leite, capinei, marquei gado na fazenda”, lembra. Antes de ser selecionado para participar do programa, chegou a prestar vestibular para veterinária, mas não pôde cursar devido ao orçamento familiar: são cinco irmãos. A inscrição para o “Fama” foi feita no último dia do prazo, já com as portas do correio sendo fechadas. Entre os demais concorrentes, Hugo virou o “defensor do coração sertanejo”, como dizia a apresentadora Angélica.

Tiago Silva é tímido e discreto. Para concorrer no “Fama”, deixou em Fartura, interior de São Paulo, pai, mãe e quatro irmãos. Também apaixonado pelo sertanejo, acabou virando no programa, o representante da música romântica. Tiago nem lembra quando iniciou sua carreira: “Aqui em casa todo mundo canta. Um irmão canta com o outro, depois troca a dupla”. Tiago não imaginou que chegaria à final: “Deixei nas mãos de Deus e Ele escolheu o melhor pra mim. Antes do programa, eu trabalhava no botequim do meu pai”.

Confira também: XXIX FESCAN com inscrições abertas até o dia 12 de junho, em SJB

 

Comente