Covid-19: aplicativo Dados do Bem já testou cerca de 2 mil pessoas em SJB

Testagem prossegue até o fim dessa semana e população pode baixar o aplicativo ou procurar polo da ESF ou unidade de saúde

Foto: Divulgação

Parceria entre a Prefeitura de São João da Barra e o aplicativo Dados do Bem realizou 1.950 testes em moradores do município até a última sexta-feira, 18. A testagem prossegue no município até o fim desta semana e a população pode baixar o aplicativo gratuito, que está disponível para Android e iOS, e responder ao questionário. O histórico de saúde determinará a necessidade ou não do exame.

Quem tiver alguma dificuldade em baixar o aplicativo pode procurar o polo Estratégia de Saúde da Família (ESF) ou a unidade de saúde da localidade e fazer a solicitação para o preenchimento da ficha. O protocolo facilita o acesso das pessoas que querem fazer o teste. Nas unidades de saúde, todas as dúvidas da população são tiradas.

A testagem da população é um importante aliado na luta contra o coronavírus. Com o preenchimento das informações necessárias – no aplicativo ou na ficha – a Prefeitura de São João da Barra analisa o comportamento da pandemia no município.

Vale ressaltar que o objetivo do Dados do Bem não é testagem em massa, mas sim um estudo epidemiológico baseado em amostragem. Todos que preenchem o questionário de autoavaliação colaboram com a iniciativa, mesmo aqueles que não são convocados para fazer testes. Como é praxe em investigações científicas, o anonimato de todos os participantes é preservado e as informações coletadas não serão utilizadas para fins lucrativos. Ao baixar o aplicativo, a pessoa concorda com o envolvimento voluntário no estudo.

Parceria – Em São João da Barra, a utilização da ferramenta Dados do Bem é possível graças à parceria da Prefeitura com o Comitê de Ações Humanitárias do Porto do Açu, que contribuiu com a iniciativa do Instituto D’Or, junto às empresas Equinor e SBM, por meio do Instituto Brasileiro de Petróleo e Biocombustíveis (IBP). Compõem o Comitê as empresas Porto do Açu, GNA, Açu Petróleo e Ferroport, instaladas no empreendimento portuário.

Fonte: Secom

 

Comente