Carla Machado visita obra na Santa Casa de SJB

Investimento é feita na nova sala de tomografia e na adequação da estrutura para novos leitos de UTI

Foto: Divulgação

A prefeita de São João da Barra, Carla Machado, visitou nesta quarta-feira, 29, as obras da reforma geral da Santa Casa de Misericórdia, na sede do município. O investimento de R$ 3,3 milhões é oriundo de uma emenda parlamentar do então deputado Felipe Bornier e gera quinze empregos diretos no município.

A reforma engloba a nova sala da tomografia, adequação da estrutura para instalação de leitos de UTI, reforma completa do telhado e ajustes estruturais. A instalação do tanque criogênico com nova rede de gases medicinais já foi executada.

“A instalação do tanque foi possível graças ao fechamento do trecho da rua Doutor João Manoel Alves, nos fundos da Santa Casa, aprovado pela Câmara. Esse tanque aumenta a capacidade de distribuição do oxigênio que não será mais feita por cilindros pequenos. A nova rede de gases medicinais tem capacidade para atender ate 20 leitos de UTI e 30 clínicos, além de um centro cirúrgico que segue todas as normas da Vigilância Sanitária“, ressaltou a prefeita Carla Machado.

A parceria entre a Prefeitura de São João da Barra e a Santa Casa de Misericórdia segue apresentando importantes resultados para a população sanjoanense. Em maio, foi instalado no hospital um novo tomógrafo que possui tecnologia avançada para realizar exames adultos e pediátricos, mais de 300 exames já foram realizados. Além disso, a tomografia ajuda a identificação de evidências para as suspeitas do coronavírus e facilita a triagem para atendimento dos casos mais graves.

“Trabalhamos em parceria com a Santa Casa de Misericórdia para oferecer o melhor para o cidadão sanjoanense. Atuamos para estruturar os serviços em saúde, proporcionando aos nossos munícipes maior conforto e assistência, além de um atendimento humanizado”, concluiu a prefeita.

Além da prefeita Carla Machado, a visita contou com a presença da secretária municipal de Saúde, Arleny Valdés, do coordenador de Vigilância em Saúde, Sávio Sabóia e do provedor da Santa Casa, Pedro da Silva Chagas.

Fonte: Secom

 

Comente